Postagens

Mostrando postagens de 2010

A EDUCAÇÃO ESPECIAL E O NOVO PLANO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

Imagem
Projeto de decreto legislativo pretende desobrigar escolas a receber e matricular crianças com deficiência na rede regular de ensino, alijando-as do direito indisponível à educação e participação plena na sociedade. Por Lucio Carvalho (*).


A universalização do atendimento escolar, preconizada como a segunda grande diretriz do Plano Nacional de Educação (PNE) 2011-2020, enviado ao Congresso Nacional em fins de dezembro (15/12) pelo Ministro Fernando Haddad, do MEC, enfrenta desde já um importante desafio pelo menos no que se refere à educação especial. Caberá aos deputados federais eleitos, que assumem suas funções em 1º de fevereiro de 2010, conhecer, analisar e decidir pelo PNE e também sobre proposta de Decreto Legislativo que visa anular a aplicação de regulamentação proposta pelo Conselho Nacional de Educação (CNE) no que diz respeito à matrícula de estudantes com deficiência nas classes comuns do ensino regular.

É o que pretende o PDC-2846/2010, de autoria do Deputado Eduardo Bar…

Ano novo e educação...

Tenho certeza de que em 2011 A EDUCAÇÃO deverá ser um espaço de reconstrução e muitos desafios para todos educadores que a cada dia se deparam com imposições de gestores despreparados profissional e emocionalmente e também com o descaso da familia com a escola , sendo que esta deixou de ser um espaço de respeito e construção processual do saber e passou a ser a responsável pela educação - falha na família e atribuída a escola .
Vamos refletir acerca de nossos sonhos e ideias e procurar UNIDOS resgatar as reais funçoes da escola - educar e ensinar em conjunto com a família .

Feliz ano novo à todos !!!! e uma educação de realizações ...
MYRIAN

Educação infantil...

Contexto da Educação Infantil
A educação infantil é a primeira etapa da educação básica e destina-se a crianças de zero a cinco anos. Ela não é obrigatória, porém um direito a que o Estado tem obrigação de atender.

As instituições que oferecem educação infantil, integrantes dos sistemas de ensino público, são as creches e as pré-escolas. Para estas, a clientela divide-se pelo critério exclusivo de faixa etária (zero a três anos na creche e quatro a cinco anos na pré-escola).
As particularidades da faixa etária de zero a cinco anos exigem que a educação infantil cumpra duas funções indissociáveis e complementares: cuidar e educar. Contemplar o cuidar na esfera da instituição de educação infantil significa compreendê-lo como parte integrante do educar.

Hoje, o atendimento à criança de zero a cinco anos pode ser considerado não só como uma necessidade decorrente das condições de vida nos grandes centros urbanos, mas como uma realidade. As características da nossa sociedade têm imposto…

oração do deficiente!

Imagem
Oração da criança diferente



Bem aventurados os que compreendem o meu estranho passo a caminhar e minhas mãos descoordenadas no aprender;

Bem aventurados os que sabem que meus ouvidos têm que se esforçar para compreenderem o que ouvem;

Bem aventurados os que olham e não vêem a comida que eu deixo cair fora do prato;

Bem aventurados os que compreendem que, ainda que meus olhos brilhem,meu pensamento é lento e ás vezes confuso;

Bem aventurados os que nunca se lembram que hoje fiz a mesma pergunta três vezes;

Bem aventurados os que me escutam, pois eu também tenho algo a dizer;

Bem aventurados os que sabem o que sente o meu coração, embora e unem sempre o possa expressar como gostaria;

Bem aventurados aqueles que, com muita paciência, tentam resolver minhas aflições e limitações, para que eu me sinta melhor no mundo;

Bem aventurados os que me aceitam e me amam como sou, tão somente como sou ,e não como muitos gostariam que eu fosse.

http://turmadogodoy.blogspot.com/2009/04/oracao-da-crian…

preconceito nao tem cor , nem raça...

Auxiliar em sala de aula... acreditemos para acontecer!

12/09/2010 - 10h13
Prefeitura colocará auxiliar para alunos com deficiência
Este é o primeiro ano de Lucas Ribeiro, de 14 anos, na escola. Matriculado na 4.ª série, ele, que tem síndrome de Down e é surdo, progride a cada dia, interagindo com colegas e professores. Lucas é um dos 14 mil alunos com deficiência na rede regular municipal de São Paulo que, a partir de outubro, serão beneficiados com as iniciativas do projeto Inclui, que prevê a expansão da quantidade e da qualidade dos serviços de educação inclusiva, integrando-os com a saúde pública e a assistência social. Entre as principais metas do programa, que será lançado na terça-feira, está a contratação de 500 auxiliares de vida escolar para cuidar dos 697 estudantes com deficiências graves que, sem a ajuda, não conseguiriam frequentar a escola. Esses profissionais serão responsáveis pela higiene, locomoção e socialização das crianças. "Algumas crianças usam fraldas, sondas. O professor não tem condições de cuidar disso. É ess…

leia e conheça...textos que recomendo!

Se você gosta do assunto e quer ter mais detalhes sobre as deficiências e as formas de lidar com elas , não há nada melhor do que leituras de qualidade ...
Sugiro :
Declaração de Salamanca - site do MECSite da Rede Saci - USP Livro - 10 questões sobre a educação inclusiva da pessoa com deficiência mental .Livro - Inclusão escolar - o que é ? Por quê ? Como Fazer?
Lendo ,todos nós rompemos com este terror do preconceito e do medo !!

Myrian e Gabriel - uma história feliz!

Nesse momento irei contar a vocês uma história  ,mas não é um conto de fadas criado pela imaginação e sim uma história real de vida.
Era uma vez no ano de 2001 numa escola chamada EMI Chico Bento - Taboão da Serra /SP, chega um aluno para estudar no Jardim I , uma criança especial que atendia pelo nome de Gabriel , esse aluno encontra uma professora que se chama Myrian de Rezende - esta seria sua primeira professora .
Gabriel pouco falava , não andava , mostrava -se limitado em alguns movimentos , mas para a professora Myrian  seu aluno Gabriel tinha um grande potencial e era capaz de aprender muitas coisas.
Em 2002 , Gabriel foi transferido para a EMI Franjinha e olha só quem foi para lá também - a professora Myrian - que ao chegar foi logo dizendo - "O aluno Gabriel vai ficar na minha sala."
Nossa que coragem teve essa professora , pois nem todos os educadores sentem que são preparados ou tem coragem para ter em sua sala um aluno com necessidade educacional especial ; mas …

Avaliação - pontos positivos e negativos

Ao trabalhar com o blog pude perceber a necessidade de ser conhecedora do assunto , bem como de apresentar textos de qualidade , simples e claros na intenção .
Não deve -se esquecer de apresentar um designer de qualidade e sem poluição visual.
Num sentido geral não houveram pontos negativos , mas um grande enriquecimento de conhecimento e consequentemente da minha pratica como educadora .

Plano...

Este blog surgiu da realização de um curso .. e a intenção com ele é trazer à odos que aqui chegarem informações de forma clara e organizada .
No blog Pequenos Incluidos, os principais assuntos a serem abordados são inclusão e ducação infantil e tem como publico alvo educadores e admiradores deste assunto .
As postagens foram carinhosamente  pensadas de uma forma que mostrasse assuntos de interesse comum do publico alvo , bem como trouxesse informações de maneira clara e simples , sem esquecer da qualidade .

podemos mudar.. comece já!

Este vídeo me fez acreditar que mudar é possível !
E você acredita nisso?
Penso que a Inclusão é aceitar a esta mudança e também o outro da forma como ele é , sem querer que ele seja igual a todos ...
A inclusão só acontecerá de verdade quando percebermos que todos nós somos diferentes e buscamos o mesmo objetivo - o amor sem preconceito!

Deficiência ... onde ela está?

É muito importante a reflexão acerca das deficiências que ás vezes está também dentro da gente...

com carinho compartilho este magnífico vídeo com vocês!

Sermão da montanha (*versão para educadores*)

Todos nós já passamos por isso e seguimos adiante ... O exemplo vem do maior homem que a nossa história já conheceu!
Vale a pena ler e refletir sobre a nossa profissão - PROFESSOR

SERMÃO DA MONTANHA

Naquele tempo, Jesus subiu a um monte seguido pela multidão e, sentado sobre uma grande pedra, deixou que os seus discípulos e seguidores se aproximassem.


Ele os preparava para serem os educadores capazes de transmitir a lição da Boa Nova a todos os homens. Tomando a palavra, disse-lhes:


- “Em verdade, em verdade vos digo: Felizes os pobres de espírito, porque deles é o reino dos céus. Felizes os que têm fome e sede de justiça, porque serão saciados. Felizes os misericordiosos, porque eles...”


Pedro o interrompeu:


- Mestre, vamos ter que saber isso de cor?


André disse:


- É pra copiar no caderno?


Filipe lamentou-se:


- Esqueci meu papiro!


Bartolomeu quis saber:


- Vai cair na prova?


João levantou a mão:


- Posso ir ao banheiro?


Judas Iscariotes resmungou:


- O que é que a gente vai ganhar com isso?


Judas Ta…

Uma boa aula.. o planejamento ajuda!!!

Imagem
As atividades acima abordam idéias de trabalho com o corpo humano e a festa junina, de uma forma criativa , descontraída e que desafia o aluno .

Ao entrarmos em sala de aula devemos ter sempre uma boa atividade para motivar os alunos e assim promover de fato o desenvolvimento destes. Nunca esqueçam que é fundamental considerar a faixa etária do grupo ao preparar uma atividade, visto que esta é a chave do sucesso da atividade.

Planejar - um importante passo para uma aula de sucesso!

Imagem
Para se falar em  planejamento podemos falar de um guia de orientação que auxilia na concretização de algo  que se almeja

Dessa forma , planejar na educação é estudar, organizar, coordenar ações a serem tomadas para a realização de atividades visando solucionar um problema ou alcançar um objetivo.

O planejamento é de extrema  necessidade  ao educador a medida que esse tem a preocupação  em oferecer qualidade no que faz. Sendo assim suas ações atuam não somente em seus alunos, mais também em si mesmo e acabam por afetar  a sociedade em que está inserido e também num todo.

O  papel do professor é o de provocar desequilíbrio, mudança, portanto nessa ação, o planejamento se torna um passo principal, favorecendo os objetivos da educação que são:
caminhos ao conhecimento;mudanças;transformação.O planejamento deve estar sempre de acordo com o nível dos educandos, relacionando os conteúdos, os conhecimentos próprios e a realidade de forma a criar novos conhecimentos que auxiliem na vida cot…

Uma rica experiência!

Imagem
Relato de experiência profissional com aluno com autismo

Professora Myrian de Rezende Martins

Minha experiência com o aluno Pedro (autista) começou em 2008na rede pública , quando juntamente com a Auxiliar de Desenvolvimento Infantil Ednea (Néa), recebemos na sala de Jardim II este aluno que, juntamente com os demais, necessitava de nosso carinho, dedicação, atenção e ensinamentos.

O Pedro era diferente dos demais do grupo, pois, apesar dos seus 5 anos não falava , fugia da sala e não interagia com os demais colegas, mostrando uma extrema agitação .

Ao longo do ano letivo eu e a Néa fomos juntas construindo saberes, pesquisando e conquistando o Pedro para que pudesse avançar, dentro de suas potencialidades. Nossa prioridade era que ele aprendesse a brincar, a interagir com os colegas e também que compreendesse as regras sociais e a rotina da sala e da escola.

Durante este tempo fui dialogando com a mãe sobre a importância da integração da família com a escola e ela pôde me dar import…

Educação inclusiva.

Escola Inclusiva

Este tipo de  escola acredita que todas as pessoas podem aprender e assim fazer parte da vida escolar e social, dessa forma  garante a qualidade de ensino a cada um de seus alunos, reconhecendo e respeitando a diversidade, respondendo a cada um de acordo com suas potencialidades e necessidades, sendo estes deficientes ou não.
A inclusão não pode ser encarada como assistencialismo e nem caridade . A inclusão escolar é o resgate de um direito constitucional, garantido por lei a todos os cidadãos, independente de sua condição física ou intelectual.
As escolas que não buscam adaptar seu espaço físico e disponibilizar recursos para a capacitação de sua docência, estão descumprindo a lei e negando a estes cidadãos o "Direito à Educação".
A EDUCAÇÃO INFANTIL
A Educação Infantil – primeira etapa da Educação Básica – tem como finalidade o desenvolvimento integral da criança até os seus cinco anos de idade, em seus aspectos físicos, psicológicos, intelectual e social. As crianças com idade de zero a cinco anos têm características e necessidades  diferenciadas das demais idades e é neste sentido que temos que nos preocupar. Entendemos que as creches e pré-escolas têm uma função de complementar e não de substituir a família como na maioria das vezes é entendido. Juntas, família, escola e comunidade poderão oferecer o que a criança necessita para o seu pleno desenvolvimento e para a sua felicidade.